Maria Ivone Vairinho e Poetas Amigos

Abril 22 2010

Com o «25 de Abril»

Rasgou-se perante nós

A aurora da Liberdade,

Trancando

E selando

Os portões negros da ditadura,

Quebrando as pesadas grilhetas

Que arrastávamos dia a dia

Qual prova de estafetas

Pelos caminhos da amargura,

Como uma condenação

Num cenário de usura

Que se cumpria

Com resignação,

Sem sonhar,

Sem para além almejar

Daquela vida vazia...

 

E, como parente desconhecida

Ainda que muito querida

Que deixava de ser miragem,

Acenou-nos a Felicidade,

Com malas e bagagem

Recém-chegada do estrangeiro,

Que vinha para ficar

Connosco a tempo inteiro...

Acreditávamos nós,

No meio da euforia

Que a todos envolvia...

«O Povo é quem mais ordena!

Viva a democracia!

Agora é que vai ser

A felicidade plena,

Um País em harmonia...

A guerra vai acabar

E, como que por magia,

Amor, Paz e Igualdade,

Andarão de braço dado

Na nova sociedade.»

 

Mas era tudo mentira.

E, mais de três décadas volvidas,

O Povo sacrificado,

Em agonia,

Sempre na insegurança

Da sua integridade,

Mesmo em casa trancado

Assim que acaba o dia,

Como um prisioneiro,

Assistindo pela TV

A todo o rol de crimes,

Não somente no estrangeiro

Mas mesmo de si ao pé,

Em que a vida humana se tira

Como só nos filmes se via...

Já não fazendo alusão

Às fraudes económico-financeiras

Que na comunicação

Fazem notícias cimeiras...

Quando os exemplos piores

Não raro vêm dos superiores

Que a ninguém pedem meças

Em tantas esperanças goradas,

Falhadas tantas promessas...

Perdidos tantos valores

Que nas crianças se incutia,

Perdida até, quem sabe,

A nossa identidade,

Este Povo maltratado

Sem dó nem piedade,

Tantos sonhos destruídos,

Anseia por uma resposta

Que lhe acalme a revolta:

Afinal, a Liberdade

Só chegou para os bandidos?!...

 

MARIETA ANTUNES

 

 

 

 

 

 

publicado por MARIETA ANTUNES às 23:48

Abril 22 2010

São as horas

Que decorrem desde aquela Primavera

Em que me amaste

E eu te amei.

São horas de mostrares o teu amor

Por palavras

Como mostras por acções

Acções que me protegem

De um mundo cão.

Obrigada pelas rosas que não me deste

Porque assim não murcharam

Eu sei o teu amor,

De cor e salteado

Porque o adivinho

Intuitivamente,

Quando ao anoitecer

Me chamas à varanda da cozinha

Para partilhar o encanto de nossos gatinhos,

Quando ao acordar sinto a tua mão na minha

Quando fazes um carinho à Lenca

E lhe dizes com ternura “Vai para ao pé da dona”.

Esse jeito de esconderes o teu amor

É a maneira de me conservares jovem

Pois assim quero esperar

Pela tua declaração.

Chegará o dia em que virás dizer

“Valeu a pena encontrar-te,

Afinal há identificação”

De nada serviu ocultares tua ternura

Ela esteve sempre implícita

No teu sorriso a custo disfarçado,

Para que eu ignore que aceitas o meu sentido de humor!

 

Que horas são?!

 

SÃO HORAS DO AMOR!

 

 

Maria Vitória Afonso

publicado por mariavitoria às 10:21

Este blogue está aberto aos co-autores e Poetas Amigos de Maria Ivone Vairinho
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
14
16

20
23

26
29


links
pesquisar
 
Tags

11 poemas inéditos de carlos cardoso luí(1)

25 anos app(11)

ada tavares(18)

adriano augusto da costa filho(39)

albertino galvão(11)

albina dias(18)

alfredo martins guedes(2)

ana luísa jesus(4)

ana patacho(3)

anete ferreira(3)

antónio boavida pinheiro(22)

app(5)

armindo fernandes cardoso(3)

bento tiago laneiro(5)

carlos cardoso luís(13)

carlos moreira da silva(2)

carmo vasconcelos(22)

catarina malanho semedo(2)

cecília rodrigues(48)

cláudia borges(8)

dia da mãe(8)

dia da mulher(9)

dia do pai(6)

donzília martins(8)

edite gil(68)

elisa claro vicêncio(4)

euclides cavaco(100)

feliciana maria reis(4)

fernando ramos(20)

fernando reis costa(3)

filipe papança(11)

frances de azevedo(2)

gabriel gonçalves(14)

glória marreiros(20)

graça patrão(6)

helena paz(15)

isabel gouveia(3)

jenny lopes(11)

joão baptista coelho(1)

joão coelho dos santos(7)

joao francisco da silva(4)

joaquim carvalho(3)

joaquim evónio(9)

joaquim sustelo(70)

judite da conceição higino(4)

landa machado(1)

liliana josué(45)

lina céu(5)

luis da mota filipe(7)

manuel carreira rocha(4)

margarida silva(2)

maria amélia carvalho e almeida(6)

maria clotilde moreira(3)

maria emília azevedo(5)

maria emília venda(6)

maria fatima mendonça(2)

maria francília pinheiro(3)

maria ivone vairinho(14)

maria jacinta pereira(3)

maria joão brito de sousa(69)

maria josé fraqueza(5)

maria lourdes rosa alves(4)

maria luisa afonso(4)

maria vitória afonso(8)

mário matta e silva(20)

mavilde lobo costa(22)

milu alves(6)

natal(16)

odete nazário(1)

paulo brito e abreu(6)

pinhal dias(9)

rui pais(8)

santos zoio(2)

sao tome(10)

susana custódio(15)

tito olívio(17)

vanda paz(23)

virginia branco(13)

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO